abril 30, 2019

Taguatinga Shopping amplia rede de voluntariado com matchs de solidariedade

TGS Solidário traz para Brasília a plataforma Transforma Brasil, que conecta voluntários a ações do bem que ocorrem por toda a cidade

No Brasil, segundo IBGE, apenas 3,5% da população pratica algum trabalho voluntário, mesmo que de maneira individual. Um número bastante inferior ao dos Estados Unidos, onde pelo menos 20% dos americanos são comprometidos oficialmente com ações sociais. Que tal transformarmos esses números?

Será que pequenos gestos podem nos tornar protagonistas de grandes ações? Desenvolvido há três anos, o TGS Solidário, iniciativa do Taguatinga Shopping, cresce a cada dia com o objetivo de “fazer com propósito” e realizar boas ações na vida de pessoas e comunidades. Nesse período, foram promovidas mais de 12 ações que beneficiaram 28 ONGs. Agora, o projeto quer incentivar, por meio de uma ferramenta de tecnologia social online, que boas ações encontrem corações voluntários. Como? Imagine um match da solidariedade, onde pessoas dispostas a fazer a diferença descobrem iniciativas, eventos e pessoas que precisam de “mãos à obra”.

Esta é a proposta da plataforma TGS Solidário que, em parceria com o Transforma Brasil, chega a Brasília no mês do aniversário da capital federal. “Queremos promover uma grande rede do bem, com oportunidades de voluntariado em todo o Distrito Federal, possibilitando que belas ações e voluntários engajados possam se encontrar”, explica a superintendente do Taguatinga Shopping, Eliza Ferreira. Essa proposta do BEM é muito grande para ficar apenas no Taguatinga Shopping, queremos ampliá-la para que mais pessoas, empresários nos ajudem a transformar Brasília, a começar pela nossa região, Taguatinga, Águas Claras, Ceilândia.

Pintar uma pequena escola, retirar excesso de lixo jogado pelas ruas ou, até mesmo, promover um evento cultural – essas são atividades que, em grupo, ganham mais força! A plataforma cruza os dados de quem quer ajudar com os de quem precisa de ajuda. Pessoas físicas se cadastram registrando experiências, competências e em que áreas pretendem atuar. Da mesma forma, ONGs e projetos sociais fazem um perfil no site, explicando sua ação e qual demanda de profissionais precisam.

E o melhor: o TGS Solidário é aberto a todos os moradores e visitantes de Brasília. Assim, unidos, será possível transformar o lugar onde vivemos.

Entenda o Transforma Brasil
A começar deste mês, o TGS Solidário passa a integrar o Transforma Brasil – plataforma lançada há pouco menos de um ano, que promove milhares de vagas de voluntariado em todo o país. Os voluntários de todos os estados brasileiros podem cadastrar sua disponibilidade de atuação, e encontrar organizações que precisam dessa habilidade.

A plataforma tem por base uma iniciativa implantada, inicialmente, na cidade do Recife que, em apenas três anos, dobrou o número de voluntários na capital pernambucana. Outras cidades como Petrolina, Fortaleza, Campinas, Petrópolis e Florianópolis também adotaram a iniciativa como política pública de incentivo ao voluntariado.

“Nossa experiência em outras cidades prova que a população quer ajudar, mas não sabe como. Desde o começo, muitas pessoas de diversos estados nos procuraram porque sentem falta de uma ferramenta como esta, que facilita o engajamento cívico. O Transforma Brasil é a ferramenta que faltava para incentivar o trabalho voluntário. A expectativa é grande, em busca de unir ainda mais pessoas”, afirma Fábio Silva, presidente do Transforma Brasil.

Os números surpreendem: são 300 mil voluntários inscritos, 650 ONGs cadastradas e cerca de seis mil ações realizadas em menos de um ano, somando mais de 1,7 milhão de horas de trabalho voluntário acumuladas. Nesse período, cerca de 400 mil pessoas foram beneficiadas pelos projetos.

Em Brasília, o TGS Solidário amplia a rede de voluntariado do Transforma Brasil, sendo o primeiro parceiro da iniciativa privada a integrar a rede.

Pequenas ações, grandes transformações
O trabalho coletivo pode ser importante na transformação de muitas vidas. Para colaborar e fazer da nossa cidade um lugar cada vez melhor, cadastre sua ONG ou ação no site TGS Solidário e convide seus amigos a se inscreverem nessa rede de voluntariado. Juntos, podemos mudar Brasília! A plataforma www.tgssolidario.com.br abre suas portas a partir do dia 30 de abril e a meta é que, no primeiro ano, englobe um total de 100 ONGs cadastradas, 6 mil horas de trabalho e 50 mil voluntários inscritos. No site você poderá acessar também a nossa história de engajamento social.

Gostou da ideia? Vem com a gente nesse match!
Fazer parte dessa rede de voluntariado é fácil, cadastre-se como voluntário, uma ONG ou seu projeto social. Confira o passo a passo:

Se você é uma ONG ou projeto social

  • Acesse www.tgssolidario.com.br 
  • Clique em “Sou uma ONG” 
  • Clique em “Comece a cadastrar sua ONG” 
  • Preencha os campos com seu nome, e-mail, senha, cidade e algumas informações
  • Pronto! Cadastro realizado.

Se você é voluntário

  • Acesse www.tgssolidario.com.br 
  • Clique em “Cadastrar-se” 
  • Preencha o campo de cadastro com nome, e-mail, senha e cidade
  • Pronto! Agora basta escolher o projeto que você mais se identifique e colocar as mãos à obra.
abril 23, 2019

Taguatinga Shopping é o 1º do DF a transformar lixo molhado em composto orgânico

O projeto Lixo Zero, em parceria com as empresas Recicle a Vida e Engaia, retira lixo orgânico da Praça de Alimentação e o transforma em adubo para os jardins do shopping 

Já pensou se os restos de comida, deixados nas bandejas, encontrassem uma destinação útil para além da lixeira da Praça de Alimentação? Com essa atitude necessária e inovadora, e com a consciência ambiental adquirida ao longo dos anos, o Taguatinga Shopping está fazendo sua parte para um mundo mais sustentável: em parceria com a cooperativa Recicle a Vida e a empresa Engaia, o centro de compras aderiu a um projeto de transformação de seu lixo orgânico em Composto Orgânico. A proposta do “Lixo Zero” é fazer com que o composto orgânico retorne à natureza de forma produtiva, adubando os jardins do próprio shopping. A iniciativa reduz, significativamente, o volume de lixo produzido que se acumularia nos lixões e aterros, impossibilitando sua biodegradação. 

Passo 1 – Coleta do lixo na Praça de Alimentação e separação dos resíduos:

O processo começa nas lojas da praça de alimentação, com a coleta, em recipientes adequados, de restos de alimentos, verduras e frutas impróprias para o consumo, assim como seus talos e cascas. O lixo descartado pelos clientes após as refeições é recolhido e então dado início ao processo de triagem, realizada pelos colaboradores do shopping, separando os descartes recicláveis, líquidos e orgânicos em lixeiras devidamente identificadas. O material é destinado à empresa Engaia, localizada em Brazlândia, que inicia o processo para transformá-lo em Composto Orgânico, passando pelo processo de Compostagem: conjunto de técnicas aplicadas para estimular a decomposição dos materiais orgânicos, recuperando os seus nutrientes para levá-los de volta ao ciclo natural, enriquecendo o solo para agricultura ou jardinagem.

Passo 2 – Triagem do lixo molhado e transporte até a empresa Engaia, que inicia o processo de transformação do material em Composto Orgânico:

O processo da compostagem se completa em até quatro meses de tratamento e monitoramento técnico.

Passo 3 – O resíduo orgânico é misturado à materiais ricos em carbono (folhagens, podas) e é disposto em estruturas conhecidas como Leiras de Compostagem. O material, durante a transformação, tem sua acidez, umidade e temperatura monitoradas. Na primeira fase, ela deve ficar perto dos 40º e, na segunda, pode atingir até os 70º:

Ao final desse tempo, o material transformado em composto orgânico, volta ao Taguatinga Shopping na forma de adubo para a utilização nos solos e tratamento de plantas em seus jardins. “A transformação do lixo gerado pelo shopping e os benefícios dessa ação demonstram a nossa preocupação com a sustentabilidade e o nosso envolvimento com a Educação Ambiental, tão necessária na atual situação de degradação do nosso planeta. Esse é um projeto de grande valor para o empreendimento.” destaca a Superintendente do Shopping, Eliza Ferreira.

Passo 4 – Depois de passar pelo processo de transformação em composto orgânico, que pode durar até quatro meses,  o material é peneirado e transportado de volta aos jardins do shopping:

Hoje, cerca de 55% do lixo produzido no país é composto por resíduos orgânicos, dos quais apenas 13% são reciclados. Países que já reciclam mais de 50% do seu lixo orgânico: Alemanha, Bélgica, Suíça, Suécia, Reino Unido, França e Espanha.

Produto final, utilizado como adubo para as plantas dos jardins do Taguatinga Shopping:

Do óleo ao sabão
Além da transformação do lixo orgânico em adubo, o óleo descartado pelos restaurantes do shopping também é reaproveitado.  São aproximadamente 3.500 litros recolhidos mensalmente. O material é entregue à empresa EcoLimp, responsável pela fabricação de sabão em barra, sabão líquido e até mesmo biodiesel. O sabão produzido retorna, mais tarde, para uso nas lojas de alimentação e limpeza do Taguatinga Shopping.

Destino do Lixo Sólido 
Depois de separado e avaliado, o lixo sólido é encaminhado ao aterro sanitário Ouro Verde. 

Você sabia? 
Por mês, o Taguatinga Shopping gera, em média, de oito a dez toneladas de lixo orgânico úmido. Por ano, essa quantidade pode chegar a 180 toneladas. O projeto “Lixo Zero”, portanto, surge como uma forma de reutilizar grande parte desse material. 

Como ajudar 
Para o chefe da limpeza do shopping, Valmir da Silva, o trabalho já tem gerado resultados. “O projeto tem sido gratificante. Ajudamos na geração de empregos e, principalmente, cuidamos do meio ambiente reaproveitando os recicláveis, evitando que eles sejam jogados em aterros sanitários e até mesmo na área urbana”, afirma. 

Quer ajudar? Basta ter o cuidado de separar bem o lixo na hora de descartá-lo nos compartimentos do shopping. Lembre-se: recicláveis não se misturam com orgânicos! 

Conheça as cores e sinalizações para cada tipo de lixo:

Cuidado colorido 
Você sabia que cada cor pintada nas lixeiras representa um material? 

Azul: papel 

Vermelho: plástico 

Verde: vidro 

Amarelo: metal 

Preto: madeira 

Laranja: resíduos perigosos 

Branco: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde 

Roxo: resíduos radioativos 

Marrom: resíduos orgânicos 

Cinza: resíduo geral não reciclável ou misturado, ou contaminado não passível de separação

abril 17, 2019

Pizzaria em Águas Claras reúne 75 opções de sabores a partir de R$ 39,90

Na QPizza também estão disponíveis 13 sabores de borda, com opções de alho poró, quatro queijos, brigadeiro, doce de leite, entre outras

Localizada na Rua 19 Norte, em Águas Claras, a QPizza aposta em um cardápio diversificado para agradar a todos os paladares. São 75 sabores de pizza, desde os tradicionais como calabresa (mussarela, calabresa fatiada, cebola, azeitonas e orégano), marguerita (mussarela, rodelas de tomate italiano, provolone, azeitonas, orégano e manjericão fresco) e portuguesa (mussarela, presunto, rodelas de tomate italiano, pimentão amarelo e vermelho, ovos, cebola, orégano e azeitonas). Já para os que preferem as pizzas doces, uma boa pedida é a de banana com açúcar e canela, todas essas opções são servidas por R$ 39,90.

Há, também, sabores diferentes, como a pizza de estrogonofe de frango cremoso (mussarela, estrogonofe de frango desfiado cremoso, batata palha, azeitonas e orégano) e a hot dog (mussarela, salsicha, milho, catupiry, batata palha, azeitonas e orégano). Há, ainda, alternativas sem lactose, como a virada paulista (calabresa, bacon, azeitonas e orégano) e a combinado (frango, bacon, champignon, azeitona e orégano), todas as outras opções de valores e demais sabores estão disponíveis no site, aplicativo.

Os pedidos são realizados no site www.pizzariaqpizza.com.br, também pelo aplicativo QPizza Artesanais, disponível gratuitamente para Android e IOS, ou ainda pelo disk entregas 3547-0182/3585-0185/ 3547-0186. São aceitos, como forma de pagamento, cartões de débito, crédito, além de vale alimentação ou refeição. A embalagem, com sistema de fechamento especial, garante que a pizza não esfrie até chegar a seu destino.

As bordas são de alho poró, banana com canela e açúcar, brigadeiro, calabresa ralada, catupiry, cream cheese, confetes de chocolate, doce de leite, frango com catupiry, quatro queijos, milho com catupiry e tomate seco. A casa abre diariamente das 17h30 à 0h e funciona como delivery, além da opção de retirar a pizza no local. Para Águas Claras, não há taxa de entrega. As localidades atendidas pela QPizza são Taguatinga, Guará I e II, Areal, Park Way quadras 3, 4 e 5, SHA (Setor de Chácaras de Águas Claras) e nos hotéis Comfort, em Taguatinga, e Intercitty, em Águas Claras.

“Sou paulistano, apaixonado por pizza, a QPizza nasceu da necessidade de trazer para a cidade a famosa pizza paulista, com massa leve e muito recheio, priorizando um preço justo e um produto de qualidade”, explica Luciano Chales.

Serviço: Pizzaria em Águas Claras reúne 75 opções de sabores a partir de R$ 39,90

Local: Rua 19 norte, lote 05 – loja 04 – Edifício Lorys, Àguas Claras

Horário de funcionamento: Diariamente, das 17h30 ás 0h – @qpizzaartesanais

Pedidos: Através do site www.pizzariaqpizza.com.br, pelo aplicativo  QPizza Artesanais, disponível gratuitamente para Android e IOS, ou ainda pelo disk entregas 3547-0182/3585-0185/ 3547-0186. Entrega grátis em Águas Claras, nas outras localidades consultar o valor da taxa.