agosto 26, 2008

Relacionamentos, por Arnaldo Jabor


Esses dias recebi um e-mail com esse texto abaixo sobre relacionamentos por Arnaldo Jabor. Eu simplesmente adorei… Principalmante quando ele disse assim: mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Por isso resolvi colocar o texto aqui, assim quem ainda não leu vai ler.


Relacionamentos, por Arnaldo Jabor

Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
– Ah, terminei o namoro…
– Nossa, quanto tempo?
– Cinco anos… Mas não deu certo… Acabou
– É não deu…?

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos esta coisa completa.
Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é malhada, mas não é sensível.
Tudo nós não temos.
Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona…
Acho que o beijo é importante… E se o beijo bate… Se joga…
Se não bate… Mais um Martini, por favor… E vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não lute, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, recessão de família?
O legal é alguém que está com você por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por dó também.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance ??para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói.
Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração.
Faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo.
E nem sempre as coisas saem como você quer…
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
E nem todo sexo bom é para namorar.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar.
Enfim… Quem disse que seria fácil?

11 comentários . Comentar

  1. Kaka
    agosto 26, 2008

    Muito bom esse texto XD
    vou enviar pro meu morzão (ele é um poço de ciumes afff…)

    bjs

    Responder
  2. agosto 30, 2008

    oi flavia, tudo bem???
    estava passeando no orkut e vi que vc tem blog =) e resolvi passar…
    amei esse texto. na verdade gosto de quase tudo que o Arnaldo Jabor escreve. abração pra vc e até outro dia na caixa ^^

    Responder
  3. Mari
    agosto 31, 2008

    Adorei o texto :shock::twisted:

    Responder
  4. agosto 31, 2008

    Hehheheheh… 😈

    Responder
  5. agosto 31, 2008

    Adoro os textos do Jabor. São coisas do cotidiano com doses de humor e romantismo. Obrigada pela visita. Beijos e boa semana

    Responder
  6. agosto 31, 2008

    Ah adorei o texto, ainda não conhecia.
    Realmente, a gente nunca tem a coisa completa…

    Responder
  7. agosto 31, 2008

    interessante o texto, vou copiar e talvez enviar pra algumas pessoas que poderiam fazer uso dele =)

    Responder
  8. marcelo
    setembro 24, 2008

    uahuauuuuuuuuuuuuuuuuuuuu muito bom!!!!!adorei

    Responder
  9. outubro 23, 2008

    um amigo me mandou este texto a poucos dias.
    acabei caindo aqui nesse blog porque precisei ler e reler o texto varias vezes para me confortar. ele ajuda um pouco…

    aconteceu comigo. 5anos. ela terminou.
    fui um bocó! idiotão! por N vezes fui rude, grosso e ignorante sem ela merecer.
    por tempos e tempos ela aguentou. agora resolveu terminar.
    a um mes nao consegui me distanciar 100% dela. sempre estava em contato. direta ou indiretamente.

    farei forca para que o tempo dela seja respeitado, agora.
    quero MUITO voltar o namoro. sinto com uma energia muito boa que mudei. mudei para melhor. aprendi.

    nao fiquei e nao pretendo ficar com outra pessoa.
    ela? nao me respondeu, em nossa ultima conversa, se ja estava com outra pessoa.
    como o texto diz; cabe a vc esperar ou nao.
    pois eu esperarei! e que tudo acabe bem e se possivel ela me seda esta chance.
    chance essa que nao faria o desapontamento dela e de outras pessoas.

    “com pessoa alguuma estou. com ngm pretendo estar… sofrer, chorar e gritar; coisas que faco para o tempo passar… tudo que kero; bons momentos retomar”

    * desabafo!!! dóóói muito!!!
    * se quiserem comentar algo fiquem a vontade, talvez eu volte por aqui para ler

    Responder
  10. fabiana
    novembro 14, 2008

    homens q horror

    Responder
  11. fabiana
    novembro 14, 2008

    um adorei,acabei d e perder alguem q estava com medo de se envolver,vou enviar p ele!

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.